Tom Holland já se acostumou com a ideia de não estar mais no MCU (sigla em inglês para Universo Cinematográfico da Marvel). Desde o último mês, Sony e Marvel quebraram o acordo envolvendo o Homem-Aranha e parecem distantes de retomar a parceria.

Com isso, o futuro do herói pertence exclusivamente à Sony. O estúdio estaria até desenvolvendo o terceiro filme do Homem-Aranha, com Tom Holland novamente no papel principal.

Para revista GQ, o ator garantiu que o futuro do herói está seguro na Sony. Tom Holland, do outro lado, também agradeceu a Marvel pelas primeiras experiências como Peter Parker.


“Eu não tenho vergonha de dizer como foram incríveis os últimos cinco anos com a Marvel. Eu verdadeiramente tive o tempo da minha vida e de forma muito respeitosa, tornaram meu sonho realidade. Sony tem sido muito boa para mim também e o sucesso de Homem-Aranha: Longe de Casa é um testamento real do apoio, eficiência e comprometimento deles. O legado e o futuro do Homem-Aranha está seguro nas mãos da Sony. Não sou nada além de grato e fiz amigos para toda minha vida”, declarou o astro.

Se os estúdios não chegarem mais a algum acordo, o futuro do Homem-Aranha deve ser dividir um universo cinematográfico com Morbius, Venom e outros personagens que estão com a Sony.

Por enquanto, o ator ainda está em cartaz com Homem-Aranha: Longe de Casa, segundo filme solo de Tom Holland como Peter Parker.

Em Homem-Aranha: Longe de Casa, Zendaya, Marisa Tomei, Martin Starr, Jon Favreau, Jacob Batalon e Tony Revolori também estão de volta no filme, que move a ação para férias escolares na Europa.

Samuel L. Jackson também participa como Nick Fury, assim como Cobie Smulders reprisa o papel de Maria Hill. Jake Gyllenhaal é o Mysterio. A direção é de Jon Watts.