Disney e Sony negam briga pelo Homem-Aranha e nomeiam culpado por confusão

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para Disney e Sony, não existiu uma briga pelo controle do Homem-Aranha. As empresas acreditam que a confusão foi criada pela imprensa.

A declaração sobre o caso foi dada nesta quarta, 30, pelo co-presidente da Disney, Alan Horn, e pelo mandatário da Sony, Tom Rothman. Os dois participaram de uma mesa redonda do The Hollywood Reporter.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na época em que o Homem-Aranha deixou o MCU (sigla em inglês para Universo Cinematográfico da Marvel), informações davam conta de que a Disney (que é dona da Marvel) queria dividir em 50% a produção e os lucros do terceiro filme do herói.

A Sony, por sua vez, não teria ficado satisfeita. O Homem-Aranha é responsável pelos filmes de maior faturamento do estúdio.

“O que eu digo é que o ciclo das notícias e o ritmo da negociação não coincidem. E isso (o novo acordo), nas palavras de Shakespeare, é uma consumação desejada. Nós teríamos chegado lá, mas as notícias entraram na frente de algumas coisas”, declarou Rothman.

Horn simplesmente concordou com o executivo.

Não está claro ainda sobre qual seria a fatia da Disney na produção de Homem-Aranha 3, mas veículos garantem que é de 25%. O certo é o que filme acontecerá.

Homem-Aranha 3 tem previsão de estreia para julho de 2021.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio