Um dos fatores um tanto contraditórios em Star Wars: A Ascensão Skywalker é o fato de Kylo Ren estar usando seu capacete novamente. Afinal, o vilão de Adam Driver a destroçou em Os Últimos Jedi.

Ele aparece consertado no Episódio IX, e o diretor J.J. Abrams explicou ao Cinema Blend o motivo para o vilão aparecer novamente com a máscara, e realmente não é a pior das justificativas.

“Ter ele mascarado, mas também fraturada, é uma coisa bem intencional. Como aquele processo clássico japonês de pegar cerâmica e consertá-la, e como ele a quebra define a beleza da peça tanto quanto a original. Sendo tão fraturada quanto o próprio Ren, a máscara se torna uma representação visual disso. Há algo sobre isso que conta a história. A máscara não esconde, e o comportamento dele é revelado”, reflete o diretor.


Star Wars: A Ascensão Skywalker traz veteranos da franquia como Mark Hamill, Carrie Fisher (que terá imagens de arquivo utilizadas), Billy Dee Williams, Ian McDiarmid e Anthony Daniels.

Eles se juntam ao elenco formado por Daisy Ridley, John Boyega, Oscar Isaac, Adam Driver, Kelly Marie Tran, Naomie Ackie, Dominic Monaghan, Keri Russell e Joonas Suotamo.

Star Wars: A Ascensão Skywalker, estreia nos cinemas brasileiros em 19 de dezembro.