Martin Scorsese se rende a Marvel após críticas, mas faz ressalva

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Martin Scorsese voltou a falar da Marvel. Depois de criticar os filmes de herói do estúdio, afirmando que eles são “parques de diversão” e não cinema, o diretor veterano gerou um grande debate pela opinião pública.

Muitos concordaram – Francis Ford Coppola – e muitos discordaram – James Gunn – de Martin Scorsese, mas o fato é que seu comentário gerou muitas discussões.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em uma entrevista a Entertainment Weekly, Martin Scorsese se aprofundou em sua opinião. Ele admitiu que os filmes da Marvel são, “bem feitos”, mas isso não significa que ele se considera um apreciador.

“Os filmes milionários, os filmes de quadrinhos, eles são parques de diversão – e são tão bem feitos quanto a maioria dos parques, em diversos níveis. É uma forma diferente de cinema e uma nova forma de arte como um todo. Esperamos que existam cinemas interessados em exibir filmes que não são desse jeito. E se isso não for possível, espero que os cineastas tenham oportunidades com o streaming – que muda a experiência, mas de outra forma, daqui dois ou três anos não teremos mais filmes desse tipo. Um bom cineasta vem da Itália ou da França para fazer um filme, e se não for desse tipo [franquia] ele não consegue trabalhar mais”, lamentou o diretor.

Martin Scorsese parece defender o streaming, modelo que ele entrou recentemente com O Irlandês, novo filme do diretor que chega a Netflix neste ano.

Apesar das críticas, a Marvel segue forte nos cinemas. Em 2020, o estúdio vai lançar Viúva Negra e Os Eternos no cinema.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio