[SPOILER] é pai de Coringa? Filme da DC deixa pistas

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

CONTÉM GRANDES SPOILERS DE CORINGA

Um dos maiores mistérios da história do filme Coringa é se Thomas Wayne é ou não o pai de Arthur Fleck.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apesar de o longa apresentar essa ideia como uma ilusão de Penny, a mãe do protagonista, que tem problemas mentais, há algumas evidências que sugerem que ela possa estar dizendo a verdade.

Durante a trama, vemos Penny enviar várias cartas para Thomas Wayne na esperança de que o homem ajude ela e seu filho, já que a mulher supostamente havia trabalhado para o bilionário.

Em um determinado momento, Arthur decide abrir uma das cartas e nela, descobre que sua mãe, na verdade, pedia dinheiro para Thomas porque ele era o pai de seu filho.

Penny Fleck confessa que enquanto trabalhava para Thomas, o relacionamento deles se tornou romântico, mas as expectativas da sociedade o obrigaram a abandoná-la porque um homem rico como ele não poderia se casar com uma secretária humilde.

A situação leva Arthur a confrontar Thomas pela sua ausência paterna, mas o homem revela que Penny estava alucinando e que ele, na verdade, havia sido adotado.

Isso leva Arthur ao Asilo Arkham, onde ele rouba os registros médicos de sua mãe que aparentemente confirmam a história de Wayne.

Os arquivos mostram que Penny esteve no manicômio várias vezes devido a seu transtorno de personalidade narcisista. Eles também contêm um registro de adoção para um bebê não identificado.

Considerando que nem Penny nem Arthur são fontes confiáveis ​​de informação, ainda há evidências de que a história da mulher é verdadeira.

A mais convincente é a foto de sua mãe com a qual Arthur lida antes de aparecer no programa Murray Franklin. A foto é assinada com as iniciais T.W., de Thomas Wayne.

Outro momento é quando Wayne revelou para Arthur que ele havia sido adotado. O diálogo levanta a questão de como exatamente ele sabia disso.

Considerando que é possível que Wayne tenha ficado de olho em Penny e sabia que ela adotou um filho, parece improvável que ele afirme isso especificamente, em vez de simplesmente dizer que não era o pai de Arthur.

Parece provável, então, que ele possa ter tomado providências para que Penny Fleck falsificasse os documentos de adoção depois de descobrir que estava grávida, numa tentativa de rejeitar qualquer pedido de exame de sangue anos depois.

Isso parece plausível quando consideramos o quão difícil teria sido para Penny ter adotado um bebê sendo uma mulher solteira, pobre, e com um histórico de doenças mentais.

De qualquer forma, com tantos momentos onde duvidamos do que é real ou não no filme, ficará a dúvida se Arthur é ou não filho de Thomas Wayne.

Coringa está em exibição nos cinemas brasileiros desde o dia 3 de outubro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio