Warner Bros não vê Coringa como inspiração para violência: “É uma obra de arte”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apesar da polêmica em torno da violência de Coringa, dirigido por Todd Phillips, a Warner Bros., estúdio que produziu o filme, não acredita que ele seja uma “má influência”.

Em uma entrevista ao The Hollywood Reporter, Toby Emmerich, executivo da Warner, falou sobre o tiroteio de Aurora (associado ao filme, Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge) e deu sua opinião sobre a violência de Coringa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Houve muito mal-entendido na história do trágico tiroteio de Aurora [Colorado, 2012] que aconteceu em um filme do Batman. E nós certamente ficamos sensibilizados com isso, mas o filme e aquele tiroteio não possuem nenhuma conexão com o personagem do Coringa. Então temos que julgar o filme por seus próprios méritos. Muitos comentários nas redes sociais eram de pessoas que sequer haviam assistido o filme, ou não sabiam do que se tratava. Nós observamos o filme de perto e sentimentos que ele é um grande filme, que é uma obra de arte e achamos que ele não inspira violência”, disse o executivo.

Além disso, Emmerich afirmou que a Warner Bros., “se sentiu confortável”, em lançar o filme e enviá-lo para concorrer ao Festival de Veneza, onde Coringa foi premiado com o Leão de Ouro.

Coringa está em exibição nos cinemas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio