Em entrevista com o Hollywood Reporter, o presidente da Marvel, Kevin Feige, finalmente quebrou o silêncio após o recebimento de críticas por Martin Scorsese.

Há algumas semanas, o diretor detonou as produções da Marvel e comentou que elas não podem ser consideradas como cinema.

“Acho que isso não é verdade. Acho que é lamentável”, disse Feige quando questionado sobre a noção de que os filmes de super-heróis são negativos para o cinema.


“Acho que eu e todo mundo que trabalha nesses filmes adora cinema, adora filmes, adora ir ao cinema, adora assistir a uma experiência de comunidade em uma sala cheia de gente.”

“Todo mundo tem uma definição diferente de cinema. Todo mundo tem uma definição diferente de arte. Todo mundo tem uma definição diferente de risco”, continuou o presidente da Marvel.

“Algumas pessoas não acham que é cinema. Todo mundo tem direito a sua opinião. Todo mundo tem o direito de repetir essa opinião. Todos têm o direito de escrever artigos sobre essa opinião, e estou ansioso pelo que acontecerá a seguir. Mas enquanto isso, continuaremos fazendo filmes.”

O próximo lançamento da Marvel é Viúva Negra, em 30 de abril de 2020.