Martin Scorsese criticou os blockbusters da Marvel, mas O Irlandês, seu novo filme na Netflix, não é nada barato.

De acordo com o The Hollywood Reporter, O Irlandês custou US$ 175 milhões para ser produzido, valor bem acima dos US$ 125 que haviam sido mencionados anteriormente.

Para se ter uma ideia, o longa custou mais do que Homem-Aranha: Longe de Casa, que teve um gasto de produção de US$ 160 milhões.


Mas o que justifica esse gasto? A tecnologia de rejuvenescer astros como Robert De Niro certamente é um dos motivos.

O Irlandês conta a história de Frank Sheeran (Robert De Niro), que aos 82 anos relembra sua vida como veterano da 2ª Guerra Mundial e mafioso. O longa também conta com a participação de Al Pacino e Joe Pesci.

O Irlandês, de Martin Scorsese, está disponível nos cinemas brasileiros e na Netflix.