Apesar da expectativa em torno de Frozen 2, tudo indica que o filme não deve mesmo superar o longa original.

Nas primeiras críticas divulgadas pela imprensa americana, não há nada exatamente negativo sobre o filme, mas os comentários sobre Frozen 2 não estão nem de longe tão empolgantes quanto se esperava.

Confira abaixo as primeiras reações a Frozen 2.


Frozen 2 se esforça muito para ser tão bom quanto o antecessor, mas não consegue escapar de sua sombra. Ao longo do filme, vários personagens se perguntam se eles já se cansaram ou não da aventura. No nosso zeitgeist de maximizar propriedades intelectuais, a resposta é, ‘provavelmente não’, mas ao menos esse mundo ficcional não tem medo de uma mudança aqui ou ali”, disse Christian Holub, da Entertainment Weekly.

“Certamente a força motora da intenção do roteiro de Jennifer Lee (que também escreveu sozinha o primeiro filme e co-dirigiu com Chris Buck) é colocar Elsa como um modelo sério e inspirador para garotas e jovens mulheres. Uma personagem resiliente, que pode fazer tudo para conseguir vencer qualquer obstáculo em seu caminho. Ela certamente consegue e uma boa equipe de co-roteiristas vem para colocar os ingredientes e trazer um desejado equilíbrio no meio do drama, excitação, comédia, suspense, ação e inspiração”, disse Todd McCarthy do The Hollywood Reporter.

“A nova mitologia não é totalmente instigante e em alguns momentos ela se torna confusa. Além disso, os novos personagens não têm muito impacto (Sterling K. Brown é bom, mas ele não faz muita coisa). Então se você está desesperado para passar mais tempo com Anna e Elsa, Frozen 2 não vai te deixar no frio, mas é improvável que ele incendeie seu mundo”, disse Matt Maytum, do GamesRadar.

Frozen 2 estreia nos cinemas americanos em 22 de novembro. No Brasil, o filme chega apenas em 2 de janeiro de 2020.