Apesar do imenso sucesso de crítica e bilheteria, Coringa esteve envolto em várias polêmicas sobre os temas abordados no filme.

Muito dizem que o fato de a trama representar um vilão tão doentio quase como um herói poderia incentivar a violência, com o personagem inspirando atos agressivos.

Em entrevista ao Los Angeles Times, o astro Joaquin Phoenix foi questionado sobre sua opinião acerca de Coringa incitar atos violentos, e respondeu:


“Era uma posição embaraçosa, porque eu pensava: ‘Bem, não posso resolver isso, porque isso é potencialmente parte do problema – é exatamente isso que você não deve fazer.’ Então, de repente, parecia que eu estava sendo evasivo e tentando evitar esse tópico, porque isso me deixou desconfortável. Mas, na verdade, eu estava pensando: ‘É exatamente isso que excitaria esse tipo de personalidade’.”

O diretor Todd Phillips também deu sua opinião em relação a recepção que esses assuntos polêmicos tiveram com o público:

“O que me impressiona no discurso neste filme é a facilidade com que a extrema esquerda pode soar como a extrema direita quando se adequa à agenda deles. Foi realmente muito revelador para mim”.

Coringa está em exibição nos cinemas brasileiros desde o dia 3 de outubro.