Tom Hanks, de 63 anos, disse que os fãs devem esquecer a possibilidade de vê-lo interpretando um vilão. A declaração foi feita ao The New York Times.

O ator, porém, justificou que não é algo que ele não goste. Tom Hanks apenas não acredita ser bom como um vilão.

“Eu reconheci há muito tempo que sou incapaz de instigar medo em alguém. E isso é diferente de ser bonzinho. Eu acho que sou capaz de ser misterioso, mas não de ser malvado”, contou Tom Hanks.


O ator, que já venceu dois Oscars, parece também não querer tentar encarar o desafio.

“É porque eu não consigo compreendê-los, porque a maioria dos vilões exigem um grau de maldade que acredito que não consigo reproduzir”, explicou Tom Hanks.

O próximo filme do astro é Um Linda Dia na Vizinhança, a cinebiografia de Fred Rogers. O filme chega em 22 de novembro nos Estados Unidos e no final de janeiro no Brasil.