O escritor por trás de Star Wars: A Ascensão Skywalker negou que o longa-metragem tenha ignorado Star Wars: Os Últimos Jedi.

Desde o lançamento de Star Wars: A Ascensão Skywalker, tem havido um debate constante entre os fãs sobre como a trama trata os eventos de Star Wars: Os Últimos Jedi. Com muitos fãs acreditando que o último filme de Star Wars reconta tudo o que havia de errado em Os Últimos Jedi, essa é uma conversa sem fim.

Mas pouco depois do lançamento de Star Wars: A Ascensão Skywalker, o co-escritor Chris Terrio conversou com o The Wrap sobre como o longa se conecta com Star Wars: Os Últimos Jedi.


“Acho que estão perdendo o ponto, que é que existe um diálogo com o Episódio 8. Não existe uma rivalidade entre Rian Johnson e J.J. Abrams. Só tentamos pegar as ideias do Episódio 8 e complicá-las, desenvolvê-las e trazer novas surpresas.”

Sem rixa

Terrio explicou que eles achavam que dar informações “ainda piores” a Rey durante o último filme seria algo dramaticamente interessante de se ver. O escritor também disse que foi um desenvolvimento de ideias, em vez de desfazer o trabalho de Rian Johnson, explicando que não há brigas entre os diretores de cada filme.

“Achamos que era uma situação mais dramaticamente interessante para o Episódio 9, não apenas que tudo está resolvido e que Rey está em paz com seu passado, mas que ela tem informações ainda piores. Então eu acho que é um desenvolvimento de ideias dramáticas, e não é uma rejeição. E acho que quando os críticos tentam agir como se nosso filme fosse uma espécie de briga entre dois diretores, eles não estavam entendendo como os escritores pensam.”

Star Wars: A Ascensão Skywalker está em cartaz nos cinemas.