Simon Pegg disse que o filme de Star Trek de Noah Hawley pode não ser o tão esperado Star Trek 4. Após o lançamento de 2016 de Star Trek: Sem Fronteiras, o futuro da franquia de filmes iniciada por J.J. Abrams parecia estar no limbo.

Os primeiros relatórios sugeriam que Star Trek 4 estava em desenvolvimento e traria de volta Chris Hemsworth como pai do Capitão Kirk (Chris Pine), mas mais tarde o filme parecia ter sido cancelado por conta de fracassadas tentativas de negociação de contrato.

No final de 2017, surgiram relatos de que Quentin Tarantino iria escrever e potencialmente dirigir um novo filme de Star Trek, mas ultimamente tem sido incerto se isso ainda está acontecendo.


No mês passado, foi anunciado oficialmente que Noah Hawley (Fargo, Legion) escreverá e dirigirá o próximo filme de Star Trek. Nenhum detalhe adicional foi dado na época, mas muitos supuseram que o filme de Star Trek de Hawley seria a quarta parte da série reiniciada que apresenta Kirk de Pine, Spock de Zachary Quinto e Uhura de Zoe Saldana.

Agora essa ideia parece menos certa. Enquanto conversava com Gold Derby, Simon Pegg (Scotty nos filmes) disse que não tem certeza se o filme de Hawley trará o reboot de volta.

Pegg escreveu Star Trek: Sem Fronteiras ao lado de Doug Jung, e alguns se perguntaram se ele acabaria escrevendo Star Trek 4 antes de Hawley ser contratado. Seus comentários foram os seguintes:

“Não, eu não sei nada sobre isso. Eu acho que Noah Hawley foi contratado para escrever algo para Star Trek, o que é muito empolgante porque ele é um escritor brilhante e sempre cria coisas interessantes. Se estamos ou não envolvidos com isso, eu não sei. Não acho que será necessariamente Star Trek 4. Mas vamos ver o que acontece.”

O que virá a seguir?

Pegg continuou dizendo que o filme de Star Trek de Quentin Tarantino ainda está acontecendo e que se fala em possíveis derivados. Ele também acrescentou que ficaria feliz em retornar ao universo de Star Trek, apesar de parecer agridoce, já que Anton Yelchin não estaria envolvido.

Yelchin, que interpretou Chekov nos filmes, faleceu tragicamente em 2016, pouco antes do lançamento de Star Trek: Sem Fronteiras. Esse filme foi dedicado a ele e a Leonard Nimoy, o Spock original que faleceu em 2015.

Os fãs ficaram entusiasmados ao ouvir que havia novos desenvolvimentos em torno de Star Trek 4 quando Hawley foi escolhido para o filme, e ouvir que ele pode nem estar trabalhando no quarto filme é ao mesmo tempo decepcionante e preocupante. Embora Star Trek: Sem Fronteiras tenha sido geralmente apreciado tanto pela crítica quanto pelo público, teve um desempenho ruim nas bilheterias.

Star Trek agora parecia ser outra franquia que, depois de sofrer com a diminuição dos retornos nas bilheterias, seria arquivada pelo estúdio. O envolvimento de Hawley parecia um passo na direção certa, mas parece que a franquia Star Trek ainda está no mesmo lugar em que estava antes: com alguns filmes em desenvolvimento, mas nada confirmado.

Os fãs terão que esperar um pouco mais para saber exatamente o que está vindo do universo de Star Trek.