Criadora de Harry Potter é criticada pela comunidade LGBTQ+ após tuíte preconceituoso

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A criadora de Harry Potter, J. K. Rowling, está sendo criticada pela comunidade LGBTQ+ por um tuíte considerado preconceituoso.

Independentemente de seu sucesso contínuo, Rowling tem estado na vanguarda de inúmeras controvérsias. Essas várias questões se estenderam até o momento em que ela ainda escrevia os livros e fanáticos religiosos consideraram oportuno proibir e, às vezes, até queimar seu trabalho.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A autora de 54 anos também teve que defender a decisão de escalar uma atriz negra no papel de Hermione Granger em Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, criticou repetidamente apoiadores do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e foi questionada por alguns devido à sua decisão de tornar o diretor de Hogwarts, Alvo Dumbledore, gay.

Ao longo de tudo isso, Rowling teve o apoio de fãs e até daqueles que nunca experimentaram nenhum de seus livros ou filmes. Agora, no entanto, Rowling está sendo criticada por defender uma mulher que foi demitida recentemente por dizer que mulheres transexuais não são mulheres.

A questão foi levada ao tribunal, e os detalhes desse caso podem ser vistos mais abaixo na postagem de uma internauta chamada Erin Campbell. Também está disponível o tuíte original de Rowling.

Apenas mais uma das polêmicas

O tuíte de Rowling não foi excluído e essa insistência não ajuda a conter a reação da comunidade LGBTQ+ e de seus aliados. Rowling já teve momentos controversos em relação à comunidade trans.

Há alguns meses, por exemplo, a notícia se espalhou de que a autora de Harry Potter segue uma variedade de contas anti-trans do Twitter. Também foi descoberto que ela curtiu no Twitter uma postagem que dizia que mulheres transexuais são “homens com vestidos”.

Até o momento em que esta matéria foi escrita, nem a autora de Harry Potter nem seus representantes apresentaram uma declaração sobre essa polêmica mais recente.

https://twitter.com/OriginalOestrus/status/1207669911578927106
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio