O diretor e co-roteirista J.J. Abrams indicou no início deste mês que os fãs de Ahsoka Tano, personagem das séries animadas de Star Wars, iam querer “assistir de perto” Star Wars: A Ascensão Skywalker. No entanto, ouvir é mais preciso, pois Ashley Eckstein reprisa seu papel em uma das inúmeras aparições de voz do filme.

O momento chega em Exegol, a sede de Palpatine, quando Rey (Daisy Ridley) está deitada, prestes a morrer, e ouve as vozes de Jedi do passado, incluindo Luke Skywalker, Qui-Gon Jinn, Obi-Wan Kenobi, Kanan Jarrus e Ahsoka. Embora o incentivo ajude Rey a reunir forças, a implicação para os fãs de Ahsoka é terrível – porque todos os Jedi que falaram com Rey já estavam mortos.

Ahsoka foi a única que não morreu na tela – bem, pelo menos não permanentemente. Ela morreu brevemente em Star Wars: A Guerra dos Clones, em um planeta que parecia estranhamente semelhante a Exegol, habitado por avatares da Força: o Pai, a Filha e o Filho.


Mas, considerando que Anakin Skywalker e a Filha rapidamente a ressuscitaram, e que ela passou a viver pelo menos até antes da Batalha de Yavin, não deveria realmente contar como uma morte adequada.

A padawan de Anakin, Ahsoka, foi introduzida em Star Wars: A Guerra dos Clones como uma Togruta adolescente, tão teimosa quanto seu mestre, e duas vezes mais propensa a desobedecer. Essa atitude a colocou no fogo cruzado do Conselho Jedi, que a expulsou da Ordem.

Ahsoka retornou em Star Wars Rebels, onde levou o manto de mestre para Ezra Bridger e confrontou Darth Vader no que parecia, na época, um duelo até a morte. Em um episódio posterior, Ezra foi capaz de entrar no Mundo Entre Mundos para tirá-la do perigo, já que Vader estava prestes a derrubá-la.

Amada personagem

Ahsoka nasceu em 36 ABY e, portanto, teria 72 anos na época de Star Wars: A Ascensão Skywalker. Mas a implicação óbvia é que ela morreu algum tempo após a Batalha de Endor, em 4 ABY (Após a Batalha de Yavin), como retratado no final de Star Wars Rebels.

Isso deixa uma lacuna de 36 anos em que ela poderia ter morrido, embora o evento nunca tenha sido mencionado ou sugerido em nenhuma mídia de Star Wars.

A quarta e última temporada de Star Wars Rebels terminou em 2018, mas a sétima e última temporada de Star Wars: A Guerra dos Clones estreará no Disney+ em fevereiro de 2020. Star Wars: A Guerra dos Clones manterá a mesma estrutura não-linear das temporadas anteriores, então há uma chance de que lide com Ahsoka se tornando uma com a Força, ou que pelo menos explicará por que Rey pôde ouvir sua voz em Star Wars: A Ascensão Skywalker.

Star Wars: A Ascensão Skywalker está em cartaz nos cinemas.