A primeira fase do Universo Cinematográfico Marvel terminou com Vingadores: Ultimato encerrando a trajetória da maioria dos Vingadores originais do MCU.

Entre despedidas e projetos indefinidos, apenas um dos seis Vingadores originais tem seu futuro já estabelecido: Thor.

O destino dos Vingadores

Steve Rogers teve um final feliz, mas sua despedida o tirou do tabuleiro como Capitão América. Enquanto isso, Tony Stark sacrificou sua vida para salvar o mundo da invasão de Thanos, deixando o MCU sem o Homem de Ferro.


Natasha Romanoff se sacrificou em Vormir para que os Vingadores pudessem adquirir a Joia da Alma; Viúva Negra é o primeiro filme da Fase 4 a ser lançado em 2020, mas é um prequel que se passa após Capitão América: Guerra Civil e resta saber se haverá alguma dica de Natasha voltando dos mortos.

Os complicados direitos de Hulk impedem o Golias Verde de fazer um filme solo, e ainda não há indicação de qual será seu futuro. Clint Barton estrelará a série do Gavião Arqueiro no Disney+, mas é provável que na trama, ele passe a tocha para sua filha, Kate Bishop.

O futuro de Thor

Enquanto isso, com o filme Thor: Amor e Trovão, Thor se torna o primeiro e único Vingador original a receber um quarto filme solo. A sequência de Taika Waititi está prestes a ser um novo começo para o ex-rei de Asgard, e pode haver ainda mais sequências depois disso.

É uma reviravolta notável para Thor, considerando que originalmente ele não era considerado um dos heróis mais populares, principalmente depois de seus dois primeiros filmes.

Mas Thor: Ragnarok revigorou sua imagem com o público e agora, o Deus do Trovão tem tudo para ser um dos mais importantes personagens da próxima saga do MCU.

Chris Hemsworth retorna ao papel do herói em Thor: Amor e Trovão, que chega aos cinemas em novembro de 2021.