O CEO da Disney, Bob Iger, está se juntando aos tributos ao fã de Star Wars e ao herói da vida real Riley Howell. Howell, que morreu salvando outras pessoas em um tiroteio na Universidade da Carolina do Norte em Charlotte, em abril, foi recentemente comemorado como Mestre Jedi e historiador no cânone oficial de Star Wars.

Em um post no Twitter no domingo (29), Iger chamou Howell de “verdadeiro herói da vida”, observando que Star Wars sempre foi sobre celebrar heróis.

No post, Iger citou o membro da equipe de relações com os fãs da Lucasfilm, Lucas Seastrom, ao reconhecer a coragem de Howell.


Star Wars sempre foi sobre celebrar heróis. Riley Howell deu sua vida para salvar os outros e foi um verdadeiro herói da vida. ‘A coragem e o altruísmo de Riley despertam os Jedi em todos nós’, disse Lucas Seastrom, membro da equipe de relações com fãs”, escreveu o presidente da Disney.

Fatalidade

Howell, 21 anos, foi ferido fatalmente depois de atacar um atirador que abriu fogo em uma sala de aula da UNCC em 30 de abril. Segundo a polícia, enquanto outro estudante foi morto e quatro outros ficaram feridos, foram as ações de Howell que impediram que o tiroteio fosse mais trágico.

Howell foi um super fã de Star Wars por toda a vida e, em maio, a Lucasfilm procurou a família, informando que Howell seria homenageado em um livro que seria lançado em breve.

Star Wars: A Ascensão Skywalker está em cartaz nos cinemas.