Situação de Liga da Justiça poderia ter sido bem pior na DC

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os fãs ainda estão insatisfeitos com Liga da Justiça (2017). O filme que começou com Zack Snyder parou nas mãos de Joss Whedon e foi extremamente criticado.

Até por isso, os espectadores ainda fazem a campanha para que o corte de Zack Snyder seja lançado. No momento, a DC e a Warner não dão uma posição oficial sobre a versão do diretor.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Neste sábado, 14, o Screen Rant lembrou que Liga da Justiça poderia ter tido uma situação bem pior. Antes de Joss Whedon, o diretor Brett Ratner estava cotado para assumir o longa.

O cineasta é conhecido pelos filmes de A Hora do Rush e X-Men 3: O Confronto Final. No entanto, Ratner foi acusado por sete mulheres por crimes de assédio sexual.

A partir do momento dos casos, Ratner perdeu todos projetos que tinha. Se fosse ao contrário, a polêmica do longa seria bem maior.

Liga da Justiça está disponível em DVD e Blu-ray.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio