ALERTA DE SPOILERS

Último filme da atual saga de Star Wars, A Ascensão Skywalker teve muitas referências a outras cenas memoráveis da franquia.

No entanto, uma dessas referências acabou fazendo menção a uma cena um tanto quanto polêmica da trilogia original.


Luke e Rey

Depois de encontrar os restos da segunda Estrela da Morte, Ben Solo informa Rey da verdade de suas origens: enquanto seus pais podem não ter importância no grande esquema geral das coisas, seu avô acaba sendo o Imperador Palpatine. Isso a vincula ao maior Sith Lord da era moderna.

Embora ela fira Ben em seu duelo, Rey o cura com uma Transferência de Força Vital antes de roubar sua nave e voar para longe. Seu impulso inicial é se exilar no planeta Ahch-To, o misterioso local de nascimento dos Jedi em que Luke acabou se escondendo depois que Ben se voltou contra ele.

Ela destrói o Tie-Fighter de Ben, essencialmente prendendo-a no planeta e longe de qualquer destino potencial que ela possa ter que enfrentar como Palpatine.

Mas antes que ela possa destruir o velho sabre de luz de Luke deixado por Leia, o Fantasma de Luke aparece diante e fala com ela. Durante a conversa, ele acaba revelando que ele e Leia sabiam a verdade por trás da conexão familiar de Rey com Palpatine, mas eles decidiram olhar além da escuridão que estava em sua família.

Eles decidiram manter a verdade dela e treiná-la apesar disso, confiando que ela encontraria o caminho para o Lado da Luz. Inspirada mais uma vez, Rey concorda em retornar à galáxia, levando Luke a erguer sua X-Wing para ela.

Esse momento realmente tem muito em comum com uma cena semelhante da trilogia original, apenas com Luke no lugar de Rey.

Obi-Wan e Luke

Em o Retorno de Jedi, Luke retorna a Daghobah e acaba enfrentando o Fantasma de seu ex-mentor Obi-Wan Kenobi. Obi-Wan havia dito originalmente a Luke que Darth Vader era uma pessoa separada de seu pai Anakin Skywalker, e que Vader havia matado Anakin.

Mas as revelações de O Império Contra-Ataca informaram a Luke que isso era mentira e que seu pai e Darth Vader eram o mesmo. Mas Obi-Wan se defende, dizendo que sempre o considerou Vader a pessoa que matou o Anakin que ele conhecia. Então, por essa lógica, o que ele disse era verdade “de um certo ponto de vista”.

Tornou-se um momento infame para Obi-Wan e sua aparente incapacidade de contar a verdade a Luke, com certos cantos dos fãs ainda reclamando da obviedade da reviravolta. A cena até se dobra nas revelações, com Obi-Wan  explicando que Leia era sua irmã há muito perdida que havia sido separada de Luke no nascimento.

A cena foi criticada e ridicularizada por algumas partes da base de fãs, o que torna tão confuso ver uma cena semelhante em A Ascensão Skywalker.

Star Wars: A Ascensão Skywalker já está em exibição nos cinemas brasileiros