Para alguns espectadores, há filmes clássicos que não precisam de sequência. Quentin Tarantino, o aclamado diretor, pensava o mesmo sobre Top Gun: Ases Indomáveis, que terá a continuação Top Gun: Maverick.

Como contou ao podcast ReelBlend, o cineasta não entendia também porque fazer uma sequência 34 anos depois. Por conta disso, Tarantino decidiu perguntar diretamente para Tom Cruise.

“Eu disse, ‘Como vocês fazem isso sem Tony Scott?’. Ele me diz, ‘Eu sei, eu entendo. Era o que sempre pensávamos’. Mas, eu acho que foi o cara (Joseph Kosinski) que fez Oblivion que pensou na história. Ele me diz. ‘Ele veio com uma ótima história que eu gostei de levar o personagem até esse ponto’. E foi o roteiro. Ele confirma, ‘A resposta é o roteiro. Ele teve uma boa ideia'”, contou Tarantino.


No novo filme, o personagem de Tom Cruise, um piloto clássico, prova que o humano é ainda o mais importante dentro da evolução tecnológica – em um mundo onde drones e outros aparatos começam a ganhar destaque.

O elenco da continuação ainda traz Jennifer Connelly, Val Kilmer, Ed Harris, Jon Hamm, Miles Teller, Glen Powell e Manny Jacinto.

A direção é de Joseph Kosinski, com roteiro de Peter Craig, Justin Marks e Eric Warren Singer.

Top Gun: Maverick estreia nos cinemas americanos em 9 de junho de 2020. No Brasil, chega um mês depois, em 9 de julho.