Um Tom Holland bêbado salvou o Homem-Aranha no MCU

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Há alguns meses, Sony e Disney acabaram entrando em um desacordo ao conversarem sobre a continuidade da parceria para filmes do Homem-Aranha no MCU.

Inicialmente, o personagem, vivido por Tom Holland, voltaria a ser exclusivo da Sony e não poderia mais participar de filmes da Marvel.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista no programa Jimmy Kimmel Live, Holland admitiu que chorou em uma conversa com o CEO da Disney, Bob Iger, porque achou que aquele seria o fim de sua trajetória no MCU.

“Acho que Bob [Iger] disse que você chorou ao telefone”, Kimmel disse a Holland.

“Não, eu não chorei”, respondeu a estrela, antes de admitir rapidamente: “Não, eu chorei. Fiquei muito emocionado porque senti que tudo estava chegando ao fim”.

Holland continuou: “Teria sido uma pena tirá-lo do MCU. Nós construímos um personagem tão forte naquele mundo e teria sido uma pena perdê-lo. Estou realmente feliz por termos conseguido [mantê-lo]”.

O ator também revelou que tomou alguns drinques antes da ligação. Para muitos, o choro seria realmente um resultado bem provável para uma situação como essa.

Posteriormente, Marvel e Sony restabeleceram o acordo e agora, Tom Holland retorna ao MCU para seu 3º filme solo, que chega aos cinemas em 16 de julho de 2021.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio