De uma desconfiança da crítica, Aladdin se tornou um dos grandes sucessos em 2019, com mais de US$ 1 bilhão em bilheteria. Além de ganhar uma sequência, já em desenvolvimento, o filme também terá um derivado.

O The Hollywood Reporter afirma que o derivado será no Disney+, com foco no Príncipe Anders, de Billy Magnussen. Os produtores Dan Lin e Jonathan Eirich, do live-action de Aladdin, também retornam.

No filme, Anders é o principal candidato para casar com a Princesa Jasmine. Com pouco tempo de tela, o personagem roubou a cena.


A Disney ainda não se pronuncia se os principais nomes do filme, como Will Smith (Gênio), Naomi Scott (Jasmine) e Mena Massoud (Aladdin), estarão no derivado.

O novo filme de Aladdin ainda não tem previsão de estreia. O Disney+ deve chegar apenas em 2020 no Brasil.