Astro de Vingadores: Ultimato defende papel de filme com ato racista

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

2008 foi um grande ano para Robert Downey Jr. Além de estrear como Tony Stark em Homem de Ferro, ele também foi alvo de polêmica ao estrelar o filme Trovão Tropical, onde ele interpretava Kirk Lazarus.

Lazarus, de Trovão Tropical, era um ator que passava por uma “alteração de pigmentação” para interpretar um personagem negro dentro do filme, ou seja, o personagem de Robert Downey Jr fazia o que os americanos chamam de “blackface”, que consiste em uma pessoa branca pintando o rosto de preto para fingir ser negra.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O blackface é uma prática considerada bastante ofensiva e esse fato trouxe bastante polêmica na época, mesmo com o filme sendo uma sátira. Agora, em 2020, Robert Downey Jr deu sua opinião sobre a polêmica.

Downey Jr defende Trovão Tropical

Em entrevista no The Joe Rogan Experience, Robert Downey Jr defendeu seu papel em Trovão Tropical, afirmando que, a ideia do filme é justamente criticar a prática do blackface.

De acordo com ele, 90% de seus amigos negros acharam a ideia do filme incrível.

“90% dos meus amigos negros falaram ‘cara, isso foi incrível’. Eu não posso discordar [dos outros 10%] mas eu sei onde está o meu coração. Eu acho que nunca há uma desculpa para fazer algo impróprio e fora de lugar, mas para mim, foi sobre trazer a tona [o problema]… E eu acho que ter uma psicologia moral é a primeira obrigação. Às vezes você tem que dizer ‘É, eu errei’. Em minha defesa, Trovão Tropical é sobre o quão errado blackface é, então eu vou com essa exceção”, disse o astro.

Trovão Tropical foi dirigido por Ben Stiller.

Robert Downey Jr pode ser visto em Dolittle, que chega ao Brasil em 20 de fevereiro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio