ALERTA DE SPOILERS

O Irlandês, o mais novo filme de Martin Scorsese na Netflix, é um sucesso de público e crítica, mas uma pessoa importante para essa história não gostou do que viu.

Retratado no longa por Jesse Plemons, Chuckie O’Brien é o filho adotivo de Jimmy Hoffa que, no filme de ficção, desempenha um papel significativo – sem saber na época – no assassinato do líder sindical.


Não gostou

No entanto, em uma publicação recente do New York Times, Jack Goldsmith, filho adotivo de O’Brien, explicou como o mais recente projeto de Scorsese é problemático para seu padrasto de 86 anos.

“O filme é de alta ficção. ‘Um dos melhores filmes falsos que eu já vi’, Chuckie me disse.” Depois de assistir o filme, O’Brien também disse a ele:

“Eu gostaria de pegar aquele Scorsese e sufocá-lo como uma galinha. E depois que eu terminasse com ele, eu pegaria aquele outro, o cara quem interpretou o Irlandês [De Niro].”

Goldsmith continuou: “Chuckie é muito frágil para que isso seja uma ameaça e, de fato, ele claramente não quis dizer isso como uma ameaça.

É um crime de fim de vida de um homem cujo ser foi envolvido e destruído por aviltantes mentiras públicas que lhe faltavam poder para corrigir”.

O Irlandês está disponível para todos os assinantes da Netflix.