As transformações físicas fazem parte da experiência do cinema para os atores. Não é incomum um ator ganhar ou perder peso ou fazer outras modificações em sua aparência para dar vida a um personagem na tela.

Isso é especialmente verdadeiro quando se trata de Arthur Fleck, de Joaquin Phoenix, em Coringa, de Todd Phillips. O ator perdeu notavelmente uma quantidade significativa de peso para interpretar o comediante muito magro que finalmente se tornou o Coringa, mas como Phoenix fez isso pode não ter sido a maneira mais saudável e pode ser considerado um método absolutamente assustador.

De acordo com Phillips, que falou sobre a transformação de Phoenix em entrevista ao Cinema Blend, Phoenix evitou a ajuda de um nutricionista profissional para ajudá-lo e elaborou seu próprio plano: uma maçã por dia. Mais do que isso, ele emagreceu em um período assustadoramente curto, em apenas alguns meses.


“Já era junho e ele não tinha perdido peso e começávamos a filmar em setembro. Ele tinha 81 quilos. Não era gordo, mas estamos falando sobre chegar a 56 quilos. Eu disse que podíamos contratar um nutricionista, mas ele recusou. Ele queria apenas parar de comer e morrer de fome. Então ele passou a comer apenas uma maça por dia.”

Método perigoso

Uma maçã por dia por aproximadamente três meses certamente não é provavelmente uma maneira segura e aprovada pelos médicos de perder peso, mas também é possível que seja um exagero. O próprio Joaquin Phoenix disse ao Access Hollywood que sua dieta incluía mais do que apenas maçãs e ele também insistiu que havia trabalhado em estreita colaboração com um profissional médico durante o processo, pois é algo que ele fez antes.

“Não era uma maçã por dia. Não, você também tem alface e feijão verde cozido no vapor. É algo que eu já fiz antes e você trabalha com um médico regulamentado, supervisionado e seguro.”

Coringa será lançado em DVD e Blu-ray em 7 de janeiro. O filme foi dirigido por Todd Phillips.