Martin Scorsese definitivamente não tem interesse em ver filmes baseados em quadrinhos. Nem Coringa, que foge do formato convencional chamou atenção do aclamado diretor.

Ao The New York Times, Martin Scorsese, que quase se envolveu no projeto, disse ter visto apenas cenas do longa. O cineasta, ao que parece, não tem interesse em ver todo filme.

“Eu vi cenas. Eu conheço o filme. Então, por que eu preciso? Eu entendi. Está tudo bem”, apenas disse o diretor.


Polêmica com a Marvel

Antes das declarações sobre Coringa, da DC, Martin Scorsese envolveu-se em polêmica ao comentar sobre os longas da Marvel. Primeiro, o diretor disse que os filmes “não são cinema”.

Depois, ao explicar a primeira declaração, afirmou apenas que os filmes do gênero “são como parques de diversões”. O cineasta já disse que não mudará o seu posicionamento.

O mais recente trabalho de Martin Scorsese é O Irlandês. O longa está disponível na Netflix.