Parece que os trabalhos recentes de Kristen Stewart não estão ajudando nem um pouco a carreira da atriz.

Após o reboot de As Panteras ser detonado pela crítica, seu novo filme, Ameaça Profunda, está seguindo o mesmo caminho.

O longa chega aos cinemas brasileiros amanhã, 9 de janeiro, mas já foi exibido para a crítica especializada norte-americana, que está bombardeando o projeto com críticas negativas.


Críticas negativas

The Wrap: “Aqui está um filme com bons valores de produção, uma ótima atriz principal e uma trilha sonora fantástica, mas fica tão perdido tentando descobrir que história queria contar que esquece completamente de estabelecer uma conexão com o público”.

Variety: “Ameaça Profunda é um entretenimento estupefato, no qual todo espaço claustrofóbico e colisão apocalíptica da água se registra como um gatilho visual, mas tudo é construído sobre um vazio dramático. É um tédio.”

Screen Rant: “Ameaça Profunda é um filme mediano que abrange vários gêneros, de ficção científica e suspense a ação e horror, parece que não consegue se concentrar em nenhum. É uma experiência suficientemente boa, tensa e imersiva no seu melhor, mas frustrante, lamacenta e confuso no seu pior.

Mas enquanto o tempo de execução de 95 minutos garante uma aventura incrivelmente rápida, Ameaça Profunda ainda está se afogando em clichês – incluindo um clichê de horror especialmente flagrante que ainda não deveria existir em 2020.”

A história de Ameaça Profunda segue uma equipe de pesquisadores escondidos em um laboratório submarino, que após um terremoto devastador deve lutar por suas vidas quando criaturas ferozes começam a atacar.