Antes de a Disney comprar a 20th Century Fox, um dos filmes mais esperados do estúdio foi o de Doutor Destino, grande vilão do Quarteto Fantástico. do showrunner de Legion Noah Hawley.

O projeto seria criado por Noah Hawley, visionário chefe da série Legion, e ele indicava que tinha uma nova abordagem para o icônico antagonista.

Quatro anos depois do início do projeto, havia esperança de que a Marvel Studios e Kevin Feige seguissem com o trabalho depois da Disney a FOX.


Planos frustrados

Mas agora que meses se passaram e o Universo Cinematográfico Marvel avança para sua próxima fase, é improvável que esse filme solo de Victor Von Doom aconteceça.

Hawley conversou com o Deadline na turnê de imprensa da Television Critics Association, revelando o status de Doutor Destino em um mundo pós-Vingadores: Ultimato.

“O telefone não tocou”, disse Hawley, revelando que não teve contato com a Disney ou Feige sobre seu filme. “Adoro o roteiro e o que fiz com ele. A Marvel parece ter um plano para tudo, seria ótimo se eu caísse nesse plano. E eu não o persigo, e com Star Trek, isso complica. Mas se o telefone tocar, eu entro.”

Hawley estava se referindo ao seu plano de dirigir o próximo filme de Star Trek, que pode ou não ser uma reboot da franquia após a trilogia mais recente, que acabou sendo engavetada por problemas de bastidores para o 4º filme.

O próximo projeto da Marvel a chegar aos cinemas é Viúva Negra, que estreia em 30 de abril deste ano.