Star Wars: A Ascensão Skywalker está dividindo os fãs. Muitos acham que o filme tentou agradar aos fãs, fazendo o famoso “fan service”, e que isso acabou prejudicando a trama.

Essa visão foi de certa forma confirmada pela editora do filme, Maryann Brandon, que admitiu que o filme de fato tenta agradar os fãs. Apesar disso, ela não considera que o filme estrague a história pregressa de Star Wars.

Presente para os fãs?

Em entrevista ao podcast The Rough Cut, Brandon admitiu que o filme usa de fan service em sua trama.


“Veja, é claro que é um serviço para os fãs, mas se você não entrega o que os fãs querem, a reclamação seria ‘Oh, o diretor não seguiu a história de Star Wars e tudo o que ela significa’”, opinou.

Ou seja, no fim das contas, parece que os fãs de Star Wars são mesmo difíceis de agradar.

Star Wars: A Ascensão Skywalker encerra a chamada Saga dos Skywalker, iniciada em 1977 com Star Wars: Uma Nova Esperança.

O elenco do novo filme conta com Daisy Ridley, Adam Driver, Oscar Isaac, John Boyega, Mark Hamill, entre outros.

A direção é de J.J. Abrams, que escreve também o roteiro ao lado de Chris Terrio.

Star Wars: A Ascensão Skywalker está em exibição nos cinemas brasileiros.