A canção Let It Go, de Frozen (2013), que se tornou um símbolo da cultura pop nos últimos anos, inicialmente iria servir para retratar Elsa como uma vilã. É isso mesmo.

Frozen foi levemente baseado no conto de fadas “The Snow Queen”, que contava a história de dois irmãos, Kai e Gerda. Kai acaba capturado pela vilã da história, a Rainha do Gelo, mas é salvo pela coragem e pelo amor de sua irmã, Gerda.

De certa forma, a história lembra bastante a relação de Elsa e Anna e Frozen, e essa inspiração quase transformou Let It Go em uma canção de libertação para a vilã Elsa.


Elsa, a vilã?

No início do desenvolvimento de Frozen, a intenção era transformar Elsa em uma vilã, mas o diretor Chris Buck mudou de ideia ao ouvir Let It Go.

Ou seja, a canção que hoje representa a libertação de Elsa quando ela descobre quem é, inicialmente seria uma música feita para a antagonista da animação.

Frozen 2 está em exibição nos cinemas brasileiros.