Co-criador de Jogos Mortais não quer nova versão com Chris Rock: “Desagradável”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jogos Mortais ganhará uma espécie de revitalização durante este ano. Trata-se de Espiral – O Legado de Jogos Mortais, uma mistura de reboot com derivado com Chris Rock como protagonista e roteirista.

Uma pessoa envolvida com o primeiro Jogos Mortais não está ansiosa por essa nova versão. Em entrevista com o Hollywood Reporter, enquanto promovia O Homem Invisível, Leigh Whannell, que estrelou e escreveu o primeiro Jogos Mortais, confessou que se sente estranho em relação ao novo filme.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Isso ainda é desagradável para mim. Uma coisa pela qual sou grato é que a novidade não desapareceu no cinema. Não quero ser o cara que perdeu a criatividade há muito tempo, e atualmente apenas aceito as coisas que acontecem em minha vida e fico chateado com uma coisa ou outra. Mas, com certeza, é um sentimento bizarro.”

No mesmo universo do original

Apesar de ser tido como um reboot do original, Espiral – O Legado de Jogos Mortais na verdade não apaga tudo o que foi estabelecido na franquia. Segundo o diretor Darren Lynn Bousman, o filme acontece no mesmo universo dos outros capítulos.

O Homem Invisível está em cartaz nos cinemas. Já Espiral – O Legado de Jogos Mortais chegará em 18 de junho.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio