O CEO da Disney, Bob Iger, pediu desculpas por cobrar uma escola por ter exibido o remake de O Rei Leão.

Na última semana, a Emerson Elementary School de Berkeley, na Califórnia, recebeu uma taxa em relação a exibição de O Rei Leão para os alunos e pais, feita em novembro de 2019.

Disney mesquinha?

O filme foi adquirido pelo pai de um dos alunos, que colocou O Rei Leão para ser exibido para um grande público.


Em seguida, a Disney enviou para a escola uma cobrança de US$ 250 pela exibição do filme, o que acabou revoltando muitas pessoas.

Em seu Twitter pessoal, Bob Iger pediu desculpas pelo ocorrido e revelou que pretende doar dinheiro do próprio bolso para a escola.

“A Disney pede desculpas para a Emerson Elementary School PTA e eu vou doar pessoalmente para a campanha de doação da escola”, disse o CEO da Disney.

A exibição de O Rei Leão era na verdade uma campanha de doação da escola, que arrecadou US$ 800.

O Rei Leão está em exibição no Disney+, que chega ao Brasil em 2020.