O que era para ser mais uma grande estreia na carreira de Johnny Depp, acabou se tornando um evento polêmico.

O filme Minamata estreou no Festival Internacional de Cinema de Berlim mesta semana, mas a festa pós exibição foi o que chamou mais atenção da imprensa.

O filme acompanha Depp interpretando o fotógrafo da revista Life, W. Eugene Smith, que narrou com suas imagens a tragédia no Japão, em 1970, envolvendo o envenenamento industrial por mercúrio em uma comunidade local.


Festa inusitada

A celebração após a estreia foi realizada em um clube de Berlim, com uma festa “com música, luzes estroboscópicas, uma grande pista de dança e apresentação de um DJ”, segundo o THR.

No entanto, durante o evento, “também havia imagens gigantes do filme projetadas na parede… incluindo várias recriações das fotografias icônicas de Smith”.

Muitas das fotos de Smith, por retratarem a tragédia ocorrida, são um tanto quanto perturbadoras, como uma que mostra uma mãe com sua filha nua e deformada.

As fotografias acabaram afastando o público da pista de dança, já que muitos convidados preferiram não ter que encarar tais imagens.

Minamata ainda não tem previsão de estreia nos cinemas brasileiros.