Estúdio já esperava fracasso de filme com astro de Vingadores: Ultimato; veja o motivo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com um orçamento de US$ 175 milhões, o vencedor do Oscar Stephen Gaghan na direção e um elenco repleto de estrelas liderado pelo astro dos Vingadores Robert Downey Jr., Dolittle teve todos os ingredientes de um sucesso de bilheteria – mas fracassou.

E sempre que um filme tão caro quanto Dolittle apresenta um desempenho tão ruim, é necessário descobrir o que deu errado. Nesse contexto, parece que o projeto teve um caminho mais difícil para os cinemas do que imaginávamos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Caminho difícil

Com base em relatórios do THR, os executivos da Universal Studios viram o primeiro corte de Dolittle em 2018 e imediatamente identificaram alguns problemas que o filme tinha. O corte aparentemente não parecia o filme de família que ele deveria ser.

Faltavam elementos cômicos e, surpreendentemente, dada a história, realmente não apresentava tantos efeitos especiais quanto se esperava. O final também era desprovido de humor e parecia um pouco deprimente.

Parece que havia uma percepção em torno de Dolittle de que eles não tinham a pessoa certa para o trabalho.

O diretor Stephen Gaghan ganhou um Oscar por seu roteiro de Traffic e foi indicado a outro por Syriana, que ele também dirigiu, mas parece que esse material e a visão de Dolittle simplesmente não combinavam com suas sensibilidades.

Quando todos perceberam que ele não era o diretor certo, já era tarde demais e eles tiveram que lutar para fazer dar certo.

Então, o pensamento da Universal era supostamente de que o filme precisava ser mais engraçado e ter mais sequências de efeitos especiais.

Infelizmente, Dolittle seguiu uma estrada rochosa com muitas pessoas entrando e saindo do carro no caminho para esse destino.

Seth Rogen foi consultado e, juntamente com o co-escritor de Neighbours, Brendan O´Brien, descobriram o que achavam que poderia tornar Dolittle mais engraçado. Infelizmente, eles estavam ocupados e tiveram que sair do projeto.

O diretor do filme Lego Batmam, Chris McKay, foi contratado e trabalhou com o ator e produtor executivo Robert Downey Jr. no storyboard, e criou uma maneira de consertar o filme através de refilmagens econômicas.

Algumas das mudanças que surgiram foram tornar o filme mais orientado para a missão e mudar o personagem do ator Harry Collett de filho do dr. Dolittle para seu aprendiz.

Essa foi uma grande mudança, considerando que parece que a visão original de Stephen Gaghan era uma história de pai e filho.

Infelizmente, Chris McKay também partiu para outro projeto e o diretor Jonathan Liebesman, das de Tartarugas Ninja, foi trazido para trabalhar com Robert Downey Jr.

O roteirista John Whittington também entrou a bordo durante as refilmagens de Dolittle a certa altura para escrever algumas novas páginas para o filme.

Quando ele se encontrou com Robert Downey Jr. para discutir essas novas adições, o ator supostamente rasgou as páginas porque tinha outra ideia em mente.

Apesar dessas visões concorrentes e da porta giratória das pessoas em Dolittle, essa aparentemente não era uma produção controversa.

Stephen Gaghan foi um bom soldado e permaneceu envolvido o tempo todo, e o ambiente aparentemente foi bastante positivo com todos se dando bem.

Infelizmente, todo esse caminho sinuoso e mudanças no projeto acabaram resultando no fracasso colossal de críticas e bilheteria do longa – Dolittle tem apenas 16% de aprovação crítica no Rotten Tomatoes, e faturou até agora apenas US$ 126,6 milhões.

Showrunner revela como seria a Marvel no universo de Watchmen! Confira a primeira prévia de What If…?, nova animação da Marvel no Disney+! Hawkeye será a série mais cara da Marvel na Disney+; confira o orçamento! E esses 8 heróis da Marvel tem os mesmos poderes que heróis da DC! O maior fracasso do MCU vai ganhar reboot e já temos detalhes! Foi confirmado que na Disney+ terão séries dos X-Men, do Homem-Aranha e do Quarteto Fantástico! Tudo isso você encontra no Observatório de Séries!

O filme estreia no Brasil em 20 de fevereiro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio