Cuidado! Spoilers de Superman: Red Son.

O novo filme do Homem de Aço, intitulado Superman: Red Son, trouxe representatividade para a comunidade LGBTQ+ de uma maneira única.

Na trama de Superman: Red Son, é revelado que a Mulher-Maravilha é a maior representante da causa LGBTQ+ no universo DC.


Voz das minorias

No novo filme, o Superman vive na Rússia, o que faz com que ele derrote Stalin e se transforme no líder do país.

Promovendo a paz mundial, o Superman convida a Mulher-Maravilha para visita-lo. Interessado na heroína, o Homem de Aço tenta beija-la, mas acaba sendo rejeitado.

Diana explica para ele que não tem interesse no gênero masculino pelo simples fato de vir de uma ilha povoada unicamente por mulheres.

“Eu venho de uma ilha cheia de mulheres. Você entende o que quero dizer?”, diz a heroína.

Essa mudança é bem interessante e apesar desse fato ter sido indicado em várias HQs, ele raramente é confirmado. Superman: Red Son decidiu trazer essa mudança para a Mulher-Maravilha.

Superman: Red Son está disponível em versão digital. O Blu-ray será lançado no dia 17 de março.