Joaquin Phoenix vence prêmio por Coringa, mas detona evento: “Racismo institucional”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Joaquin Phoenix, intérprete do Coringa, ganhou mais um prêmio para a sua coleção na noite de ontem (03).

O astro venceu o BAFTA Awards, premiação britânica, de Melhor Ator. Porém, o grande destaque da noite não foi a vitória em si – que já era esperada – mas sim o discurso do astro.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Discurso emocionante

Em seu discurso, o astro de Coringa destacou a ausência de atores negros na premiação e na indústria cinematográfica em geral. O próprio astro se colocou entre os culpados pela falta de diversidade nos cinemas.

“Eu não fiz tudo para garantir que os sets em que eu trabalho sejam inclusivos. Mas acho que é mais do que ter sets multiculturais. Nós temos que trabalhar duro de verdade para realmente entender o racismo institucional. Eu acho que é a obrigação das pessoas que criaram e se beneficiam desse sistema de opressão, são eles que tem que acabar com ele, cabe a nós”, disse o astro.

Joaquin Phoenix é um ator conhecido por seu envolvimento em causas sociais. Ele também atua como ativista em prol do meio ambiente.

Coringa recebeu onze indicações ao Oscar 2020. Entre elas, Joaquin Phoenix briga pela estatueta de Melhor Ator.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio