Vingadores: Ultimato traz a chocante morte do Homem de Ferro. Tony Stark se sacrifica para que os heróis possam finalmente derrotar Thanos.

Durante o ano passado, os fãs se atentaram a diversas relações do herói. Entre elas, com heróis como o Capitão América e com a amada dele, Pepper Potts.

Em Homem-Aranha: Longe de Casa, a Marvel até mostrou como a morte do Homem de Ferro foi difícil para Peter Parker. O herói passou por um período de luto após os acontecimentos marcantes do MCU.


Agora, fãs notam que Vingadores: Ultimato mostrou como a morte foi pior do que o imaginado para o Homem-Aranha.

Morte mais trágica para o Homem-Aranha

Durante o filme, Scott Lang, o Homem-Formiga, volta do Reino Quântico surpreso. Afinal, haviam se passado 5 anos e para ele pareciam horas.

O que poucos perceberam é que os vingadores dizimados em Vingadores: Guerra Infinita sofreram os mesmos efeitos que o Homem-Formiga teve no Reino Quântico. Ou seja, para o Homem-Aranha os eventos dos dois filmes acontecem em questão de horas.

Depois de se despedir de Tony Stark em Vingadores: Guerra Infinita, o herói retorna, luta bravamente contra o exército de Thanos e depois, na sua frente, perde o mentor dele, o Homem de Ferro. É um trauma e tanto.

Vingadores: Ultimato está disponível na Amazon Prime Vídeo.