O plano de criar sequências para O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio parece ter ido por água abaixo após o fracasso do filme nas bilheterias.

Mesmo com críticas positivas, o longa lucrou apenas US$ 29 milhões em seu fim de semana de estreia, o que é um valor bem abaixo do esperado.

Em uma entrevista para o The Hollywood Reporter, o diretor Tim Miller abriu o jogo sobre o fracasso financeiro de O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio.


“Eu tenho certeza que podemos escrever um livro explicando porque não deu certo. Eu não tenho certeza e ainda estou processando tudo, mas estou muito orgulhoso do filme”, disse Miller.

O diretor também culpou os filmes anteriores da franquia, sugerindo que a insatisfação das pessoas está ligada a esses filmes.

“As coisas que as pessoas parecem odiar mais sobre o filme estão fora do meu controle. Eu não posso controlar o fato de vocês não terem gostado de Gênesis ou se vocês se sentiram traídos por O Exterminador do Futuro 4. Eu não posso fazer nada”, desabafou.