A Universal, estúdio de Velozes e Furiosos, promete mudar a lógica de lançamentos por causa do Coronavírus (COVID-19). Com cinemas fechando ao redor do mundo, a empresa apostará no serviço on demand.

Pela internet ou pelas operadoras de TV, os espectadores poderão comprar ou alugar filmes que estão e que estariam chegando aos cinemas nas próximas semanas nos Estados Unidos. A informação é do The Hollywood Reporter.

Entre os primeiros filmes que fazem parte da nova medida estão O Homem Invisível, que recém chegou aos cinemas, A Caçada, marcado para chegar apenas em maio no Brasil, Emma e Trolls 2. Os três primeiros chegam em home vídeo em 20 de março, enquanto a animação tem essa nova estreia para 10 de abril.


O site informa que a Universal deve manter a medida enquanto as pessoas ficam em quarentena nos Estados Unidos e em outras regiões. Assim que a pandemia passar, os lançamentos voltam ao normal.

Ainda não está claro, porém, como funcionará a estratégia no Brasil. Jeff Shell, CEO da NBCUniversal, admite que cada mercado será analisado.

Velozes e Furiosos 9 com tratamento diferente

Velozes e Furiosos 9 tem tudo para ser um hit de bilheteria. Por isso, o filme não entra na nova estratégia.

A Universal adiou o longa para abril de 2021, com o objetivo de que chegue nos cinemas do mundo inteiro. Os filmes das próximas semanas, enquanto isso, só devem chegar nas telonas de países que não sofrem com o Coronavírus.

A Universal não citou mais títulos que fazem parte da nova estratégia.