Filme com Sylvester Stallone previu o Coronavírus? Atriz revela grande mistério

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Coronavírus, COVID-19, está causando muitos impactos imprevistos na sociedade, à medida que as pessoas se preparam para o isolamento social nas próximas semanas. Isso levou à escassez de muitos objetos domésticos em supermercados e por meio de varejistas digitais, incluindo papel higiênico (para desgosto de muitas pessoas).

A frustração com a falta de papel higiênico disponível nos Estados Unidos e alguns outros países levou a alguns memes e piadas criativas on-line, incluindo algumas referências para o clássico de 1993, O Demolidor. O filme ambientado em 2032 apresentava pessoas ​​que usavam “três conchas” no banheiro em vez de papel higiênico, algo que confundiu John Spartan (Sylvester Stallone), que ficou congelado criogenicamente por décadas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A explicação

O filme nunca canonicamente responde o que as “três conchas” realmente fazem, mas Sandra Bullock, que fez parte do elenco, forneceu algumas dicas em uma entrevista de 2013 com a MTV News, resgatada pelo Comic Book.

“Bem, pense em um bidê, certo? Existem vários processos. Você tem o número um, o número dois e depois a limpeza”, explicou a atriz.

Bullock continuou: “Você pode usá-las como pequenas maracas também. Veja, é um instrumento musical e é um elemento de higiene!”

Segundo Bullock, a aplicação das três conchas do mar não deve ser tão ambígua quanto o filme sugere: “Era óbvio. Era óbvio para mim quando li.”

O Demolidor chegou aos cinemas em 1993, com Sylvester Stallone, Sandra Bullock e Wesley Snipes.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio