O surto de Corononavírus continua impactando o mundo inteiro, e cada vez mais atinge o universo da cultura pop.

Prejuízos

Na manhã do dia 13 de março, a Marvel anunciou a suspensão das gravações de Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis após suspeita de que o diretor Destin Daniel Cretton esteja com coronavírus.

O cineasta decidiu fazer o teste para o COVID-19, e foi recomendado pelo médico que se auto-isolasse por duas semanas, mesmo sem o resultado confirmado.


O problema é que, segundo o THR, a suspensão das filmagens custam a Marvel e, portanto, à Disney, de aproximadamente de US$ 300 a 350 mil por dia.

Embora não estejam gravando, eles ainda precisam pagar pelos chefes de departamento e outros funcionários para manter o projeto durante o intervalo.

A Disney está sofrendo um grande golpe por causa do coronavírus. Eles também interromperam outras produções cinematográficas como A Pequena Sereia, além do adiamento da estreia de Mulan.

As produções de Shang-Chi estão acontecendo na Austrália, país com 156 casos confirmados até o momento, incluindo o de Tom Hanks, que adquiriu o vírus enquanto trabalhava na gravação de um filme.

Até o momento, a estreia de Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis continua marcada para 11 de fevereiro de 2021.