Publicidade

1 ano de Vingadores Ultimato: Veja como filme mudou a Marvel para sempre

Publicado por Bruno Tomé

24/04/2020 18:00

Vingadores: Ultimato está completando 1 ano de lançamento no dia 25 de abril. A data deve ficar marcada para sempre na Marvel.

Não por acaso, o quarto filme do grupo de heróis mudou o cinema e também a Marvel. Vingadores: Ultimato é um marco para o MCU, o universo cinematográfico da Marvel.

Por mais que tenha sido ignorado na temporada de premiações, Vingadores: Ultimato teve aprovação de 94% no Rotten Tomatoes, agregador de críticas. O filme teve a melhor avaliação de 2019.

Nas bilheterias, Vingadores: Ultimato se tornou a maior da história. Ao redor do mundo, faturou mais de US$ 2,8 bilhões. Por pouco, não chegou na marca histórica de US$ 3 bilhões.

Um ano depois do lançamento, além de tudo isso, Vingadores: Ultimato envelheceu bem. Esse tempo foi tão bom que o filme deixará marcas eternas no MCU.

Vingadores: Ultimato mudou a Marvel

O sucesso de Vingadores: Ultimato foi a resposta que a Marvel precisava. A conquista da bilheteria e a forma como agradou fãs mostra que o MCU vai continuar apostando em grandes arcos cinematográficos.

Vingadores: Ultimato encerrou uma trama de 22 filmes – que depois ganhou um epílogo com Homem-Aranha: Longe de Casa. Logo depois, a Marvel já anunciou mais duas fases e ainda o universo se expandindo de vez para TV.

Não foi coincidência que a Disney+ começou a desenvolver inúmeras séries após Vingadores: Ultimato. A Marvel percebeu como o público se agarrou na editora por causa do filme e começou a aumentar ainda mais esse mundo.

Graças a Vingadores: Ultimato, o MCU fica mais ambicioso. Novos grupos vão surgir, como Os Eternos, os Jovens Vingadores, os X-Men e o Quarteto Fantástico, ao mesmo tempo que vilões tão grandiosos quanto Thanos ganharão destaque.

Fãs esperam o Doutor Destino, Kang e até Galactus.

Tudo isso em grandes histórias, que podem durar novamente uma década, e podem quebrar novos recordes no cinema. A Marvel provou com Vingadores: Ultimato que o público aprovou o modelo, uma vez que o longa foi o mais aguardado do cinema em anos (antes, talvez, Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge, da DC, gerou essa expectativa).

Mas, essa não é a única consequência de Vingadores: Ultimato. O filme trouxe duas grandes despedidas: do Homem de Ferro e do Capitão América.

O MCU terá que continuar sem dois de seus grandes heróis – o que é um grande desafio. O pior, nesse lado, é que a Marvel tem que pensar muito antes de querer trazer os personagens de volta, tudo para não estragar Vingadores: Ultimato.

Isso, possivelmente, dependerá da resposta do público aos novos heróis. Porém, se depender das consequências de Vingadores: Ultimato, é certo que isso não seja difícil.

Um ano depois, o filme da Marvel ainda gera o mesmo interesse nos fãs – tanto que muitos se esquecem de Homem-Aranha: Longe de Casa.

Os espectadores estão certos, já que Vingadores: Ultimato molda também o futuro da Marvel.

Com o filme, sabe-se que Thor deve fazer parte dos Guardiões da Galáxia e que o grupo vai procurar pela Gamora de 2012, que fica no presente e foge.

Além disso, o Hulk, o Homem-Formiga, o Gavião Arqueiro, o Máquina de Combate e a Feiticeira Escarlate estão prontos para treinar uma nova geração de heróis. Ao mesmo tempo que Wakanda cresce com o Pantera Negra e a Capitã Marvel se destaca como protetora do universo.

Graças a Vingadores: Ultimato, histórias não faltaram para o MCU, que fica cada vez maior.

Vingadores: Ultimato está disponível na Amazon Prime Vídeo.

Publicidade