Publicidade

Clássico da Disney é relançado e fãs reclamam com edição em bumbum

Publicado por Alemão

14/04/2020 10:00

A Disney tem relançado alguns de seus filmes clássicos na plataforma de streaming Disney+, porém com algumas pequenas edições e retoques.

O problema é que algumas dessas mudanças estão gerando incômodo no público, como foi o caso de Splash – Uma Sereia em Minha Vida.

Sem bumbum

No filme lançado em 1984, o jovem Allen (vivido por Tom Hanks) se apaixona por uma sereia chamada Madison (interpretada por Daryl Hannah) depois que ela o salva de um quase afogamento.

Uma das cenas mais icônicas do filme acontece em uma praia, quando Madison beija Allen e, logo depois, corre para a água totalmente nua, com seu bumbum a mostra, e mergulha.

Na versão relançada no Disney+, a cena foi editada: Madison tem o cabelo mais cumprido (aumentando em CGI) para tampar seu bumbum (veja as duas cenas abaixo).

“Comparando a cena original de Splash e a versão censurada pela Disney. Estou impressionado com a quantidade de cabelo que realmente havia na cena original.

Eu pensei que seria muito mais revelador, mas não. Outro exemplo triste de como o CGI pode ser usado para censurar”, escreveu um fã.

“Não entendo, por que isso precisava ser mudado?”, questionou outro.

Segundo a Variety, o filme começa com um aviso dizendo: “Este filme foi modificado da sua versão original”.

“A Disney + não queria bundas em sua plataforma, então editou Splash com a tecnologia digital de Cats”, disse o site.

A plataforma de streaming Disney+ chega ao Brasil em novembro.

Publicidade