Mais do que você gosta.

Publicidade

Legado nos Ossos: vale a pena assistir na Netflix? Veja veredito

Publicado por Bruno Tomé

18/04/2020 11:32

A Netflix segue trabalhando forte no catálogo de produções originais. A plataforma também começa a investir em possíveis franquias.

Esse é o caso de Legado nos Ossos. O filme é uma sequência direta de O Guardião Invisível, que também está disponível na Netflix.

Continua depois da publicidade

Os filmes são baseados nos livros da escritora Dolores Redondo, seguindo a fórmula de adaptação de tantas outras franquias. As tramas seguem assim a detetive Amaia Salazar, vivida por Marta Etura.

No primeiro longa, Amaia deve capturar um assassino em sua cidade Natal. Os casos misteriosos têm uma ligação direta com o passado da detetive.

Em Legado nos Ossos, Amaia retorna com uma grande mudança na vida dela e em uma fase, aparentemente, mais feliz. Mesmo assim, um novo crime chamará atenção dela e só a protagonista poderá resolvê-lo.

Vale a pena ver Legado nos Ossos?

Em primeiro lugar, quem quiser ver Legado nos Ossos tem que obviamente assistir o primeiro filme da série para poder entender melhor a história. Em linhas gerais, para não ter spoilers, é válido dizer que o novo crime tem ligação com o primeiro longa.

O filme conta com traços de um crime macabro, mas na maior parte lembra boas histórias de suspense. A própria introdução é extremamente desconexa com os personagens centrais – até que começa a fazer bastante sentido ao longo do caminho.

Aos fãs de filmes de mistérios, Legado nos Ossos pode lembrar O Código Da Vinci. Além disso, parece ter influências de Hereditário, o que deixa tudo mais sombrio.

As críticas elogiam Legado nos Ossos por deixar os espectadores “sem fôlego”, além das reviravoltas surpreendentes. Outro ponto positivo é que a trama é objetiva – sem cansar o fã com rodeios ou explicações vagas.

“Você não pode chamar o filme de chato”, diz a crítica.

Dessa forma, o consenso é que vale sim a pena a ver Legado nos Ossos. Para quem não viu O Guardião Invisível é também uma boa maratona para fazer.

A direção do segundo filme é de Fernando González Molina, também elogiada pelos críticos.

Legado nos Ossos está disponível na Netflix.

Publicidade