Publicidade

Luta épica deixaria Vingadores: Ultimato bem melhor; veja cena cortada

Publicado por Victor Carvalho

28/04/2020 18:00

Vingadores: Ultimato foi o capítulo final de uma equipe de super-heróis que colocou o MCU no mapa de Hollywood e mudou o cinema para sempre. Repleto de momentos emocionantes e conversas destinadas a envolver os arcos dos personagens principais da franquia, o filme também conseguiu ser preenchido com um número aparentemente incontável de retornos na tela.

Equilibrar a canção dos cisnes de personagens cruciais da Marvel com o tipo de lutas infundidas por efeitos visuais que definem o gênero dos quadrinhos não foi tarefa fácil. Embora a equipe criativa de Vingadores: Ultimato já tenha revelado vários confrontos que foram alterados ou excluídos – incluindo o confronto da Capitã Marvel com Thanos e uma incrível cena de luta do Pantera Negra -, durante uma recente sessão de perguntas e respostas no Twitter, outra cena de Vingadores: Ultimato que os fãs não conseguiram ver foi revelada.

Enquanto respondia às perguntas dos fãs durante um evento on-line de Vingadores: Ultimato, realizado em 27 de abril, o co-roteirista Stephen McFeely compartilhou que o bilionário super-gênio Tony Stark (Robert Downey Jr.) e o guarda de Asgard Heimdall (Idris Elba) quase apareceram brigando no filme.

A revelação foi um seguimento de uma pergunta feita por Brandon Davis, repórter do Comic Book, depois que McFeely admitiu que um dos erros do primeiro rascunho da equipe de roteiristas envolvia o retorno dos Vingadores a 2012 durante o Assalto no Tempo. O co-escritor de Vingadores: Ultimato afirmou que revisitar filmes passados ​​consistia em equilibrar a incorporação de detalhes importantes sobre os arcos dos personagens, com a necessidade de deixar Vingadores: Ultimato o mais divertido possível.

“Estávamos obcecados com os pequenos detalhes versus a diversão”, disse McFeely.

Mas, em sua resposta, McFeely também divulgou que, a certa altura, ele e seu colega co-roteirista Christopher Markus planejavam enviar Thor (Chris Hemsworth) e Homem de Ferro para Asgard. Naquela viagem, o Homem de Ferro teria contado com Heimdall, que tudo vê e ouve, no que McFeely descreveu como uma sequência “legal, mas não emocional”.

Uma batalha entre Heimdall e Homem de Ferro quase aconteceu

Antes dos eventos de Thor: Ragnorak, Asgard era um lugar tão bom quanto qualquer outro para onde fugir. Mas a chegada de Thor e Tony ao reino em Vingadores: Ultimato não teria sido para um pouco de lazer, não importa o quão necessário.

“Tivemos uma sequência em que Tony e Thor foram para Asgard porque tecnicamente havia duas Joias do Infinito lá”, explicou McFeely. “Tony, em um traje invisível, lutava contra Heimdall.”

Para os fãs que não se lembram, houve um ponto em que um par de Joias do Infinito residia em Asgard antes de se determinar que esconder as duas era muito perigoso. 

A primeira foi a Joia da Realidade, uma vez exercida por Malekith (Christopher Eccleston) no início de Thor: O Mundo Sombrio. Líder dos Elfos Negros – vilões que quase apareceram em Vingadores: Ultimato -, Malekith tentou usar a Joia da Realidade para forçar o universo a um estado de escuridão eterna antes que Thor o detivesse.

No final de Thor: O Mundo Sombrio, os asgardianos entregaram a Joia da Realidade ao Colecionador (Benicio Del Toro). 

A segunda Joia em Asgard era a Joia do Espaço, que os asgardianos conheciam como Tesseract. De alguma forma, eles a deixaram na Terra, onde foi finalmente adquirida pelo irmão adotivo de Thor, Loki (Tom Hiddleston), por ordem de Thanos em Os Vingadores.

Após a Batalha de Nova York, Odin (Anthony Hopkins) encarregou Heimdall de mantê-la segura. 

Parece que a equipe de roteiristas de Vingadores: Ultimato considerou enviar Thor e Homem de Ferro de volta no tempo para recuperar as duas Joias enquanto estavam em Asgard ao mesmo tempo. E por causa dos poderes “oniscientes” de Heimdall, uma furtividade invisível seria necessária para agarrar com sucesso a Joia do Espaço, embora provavelmente não fosse tão à prova de idiotas quanto Tony gostaria.

O público nunca verá essa cena de luta entre o Homem de Ferro e Heimdall, mas, como McFeely disse, sua falta de ressonância emocional superou em muito a sua frieza. Não se pode discutir muito com isso.

Vingadores: Ultimato está disponível em DVD e Blu-ray.

Publicidade