Publicidade

Resgate, da Netflix, expõe vida difícil dos Vingadores fora da Marvel

Publicado por Victor Carvalho

27/04/2020 21:00

O filme de ação de Chris Hemsworth, Resgate, chegou à Netflix com reações mistas – algo comum entre os trabalhos do elenco de Vingadores. Resgate permite que Hemsworth se afaste de Thor, o personagem que o lançou ao estrelato.

No entanto, os críticos têm sido menos gentis com Resgate do que com os filmes da Marvel de Hemsworth, e a recepção morna se encaixa com outros filmes que não são da Marvel que contam com atores conhecidos por seu trabalho no MCU.

Em Resgate, Hemsworth interpreta o mercenário Tyler Rake, que é contratado para resgatar o filho de um lorde do crime das garras de um rival. Parece o enredo de centenas de outros filmes de ação, e muitas vezes parece uma cópia de Chamas da Vingança ou Busca Implacável.

Resgate tem um incrível trabalho de câmera e fortes atuações que o diferenciam de outros do gênero obsoleto. Ainda assim, sua violência gratuita e ignorância das questões sociais impedem que alcance a grandeza.

Ainda não se sabe se o público terá uma reação mais calorosa a Resgate de Hemsworth, mas a recepção morna do filme com a crítica indica um problema maior com os Vingadores fora da Marvel. Poucos tiveram filmes de sucesso comercial ou com crítica desde que deixaram seus respectivos mantos.

Dolittle, de Robert Downey Jr., afundou com crítica e público; atualmente, aparece com apenas 15% de aprovação no Rotten Tomatoes, e o filme notoriamente gerou um grande prejuízo para a Universal. O recente remake de Scarlett Johansson, A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell, não se saiu muito melhor que isso.

Até os filmes queridos pelos críticos como Expresso do Amanhã, de Chris Evans, não conseguiram ganhar força nos cinemas.

Dificuldade longe da Marvel

Todos esses são atores incrivelmente talentosos. A performance de Hemsworth em Resgate é um dos elementos mais fortes, e Johansson recebeu uma indicação ao Oscar por seu trabalho em História de um Casamento de 2019.

Downey Jr., duas vezes indicado ao Oscar, era um nome familiar antes de Homem de Ferro. Considerando a brilhante atuação de Evans em Entre Facas e Segredos e, mais atrás, o destaque de Tom Holland em O Impossível, de 2012, o talento não é o problema.

Então, o que mantém os Vingadores longe de um consistente sucesso comercial e com crítica?

Acontece que a Marvel produz grandes sucessos de bilheteria, e Hemsworth se tornou sinônimo de Thor. O público nem sempre está disposto a aceitar grandes nomes em novos papeis.

Isso vem acontecendo há décadas. A carreira na tela de Mark Hamill nunca decolou apesar da atração principal de Star Wars.

Hamill interpretou Luke Skywalker em seis filmes espalhados por 42 anos. Por outro lado, Hemsworth apareceu em sete filmes como Thor – oito, se você contar com Doutor Estranho – em apenas oito anos.

Thor tornou-se parte de sua identidade para o público.

No entanto, a própria Marvel desempenha um papel maior nesse problema. À medida que o estúdio e a empresa-mãe Disney crescem em tamanho, estão levando muito oxigênio do cinema com eles.

Os cinemas precisam de grandes bilheterias, o que deixa menos espaço para filmes de orçamento médio. Para agravar o problema, é difícil para os atores trabalharem simultaneamente em várias franquias: MIB: Homens de Preto Internacional de Hemsworth e Dolittle de Downey Jr. mostram que o lançamento de uma saga de sucesso não garante outra.

Isso faz com que muitos atores de grande sucesso assumam papeis menores – em graus variados de sucesso. Um Laço de Amor de Evans, por exemplo, foi muito querido, mas foi esquecido rapidamente.

O drama de Downey Jr. de 2014, O Juiz, teve um problema semelhante. Agora, muitas das estrelas estão se movendo para a TV.

Evans está atualmente promovendo seu próximo projeto: a minissérie Em Defesa de Jacob, que foi lançada no Apple TV+.

Se Hemsworth e o roteirista Joe Russo não são nomes grandes o suficiente para conseguir um lançamento em cinema para Resgate, há pouca esperança para filmes menores. É uma pena, porque o sucesso da Marvel se baseia em seu elenco.

Eles são todos ótimos atores que merecem papeis que possam mostrar seu alcance. Resgate é bom, mas Hemsworth interpreta essencialmente um super-humano no filme.

O público raramente recompensa suas performances mais arriscadas e, até que isso aconteça, os Vingadores ficarão com mais do mesmo.

Resgate já está disponível na Netflix.

Publicidade