Quando Toy Story 3 foi lançado, 11 anos depois do segundo filme da franquia, todos acreditavam que seria a despedida dos populares personagens. Andy já estava em uma nova fase de sua vida, assim como grande parte do público que aprendeu a amar os brinquedos na década de 90.

Porém, anos depois, a Pixar e Disney decidiram surpreender a todos. A história, que parecia fechada, ganharia mais um capítulo com Toy Story 4.

O que esse filme faria com Toy Story 3? Afinal, o terceiro longa foi extremamente elogiado. A nota no Rotten Tomatoes é de 98% e o final é considerado perfeito para franquia.


Reescrevendo final

O que ninguém tinha notado era que o falso final de Toy Story 3 não respondeu perguntas que foram levantadas anteriormente na franquia. É assim que o quarto filme ganha espaço e novamente notoriedade.

Temas importantes para franquia são levantados ainda em Toy Story 2. Woody descobre que a sua vida tem um ciclo, assim como a de todo mundo, ao ouvir o relato de Jessie. Ela também teve um dono que a abandonou e caiu no esquecimento.

Essa história segue em Toy Story 3, mas Woody e os seus amigos não aceitam o destino. Andy teve que abandonar os brinquedos, que passam por uma aventura até chegar em Bonnie. Tudo parece ótimo, mas o que acontecerá quando a garota crescer?

Toy Story 4 entra com tudo nessa questão. O filme não é mais uma aventura para encontrar um novo dono ou continuar com o antigo. Nele, os brinquedos descobrem qual é o seu propósito. Ao encontrar Bo Peep, que encarou a liberdade de uma forma diferente desde o final de Toy Story 2, Woody finalmente aceita a sua situação e o ciclo normal das coisas. Esse pode ser o verdadeiro final da franquia.

Toy Story 4 está disponível em Blu-ray e DVD.