Um certo astro de Hollywood foi o rival de Maverick, de Tom Cruise, em Top Gun. Mas você sabia que ele tentou não participar do clássico de 1986 por não ter interesse na história ou em interpretar Iceman?

Val Kilmer revelou a verdade em seu novo livro de memórias, “I’m Your Huckleberry”.

Segundo o USA Today, Kilmer escreveu: “Eu não queria o papel. Eu não ligava para o filme. A história não me interessou.”


Depois de ser pressionado pelo agente a fazer um teste, ele disse: “Eu apareci parecendo um tolo ou um idiota. Eu usava shorts australianos gigantescos em verde náusea.”

O ator de 60 anos continuou: “Eu li as falas com indiferença. E, no entanto, surpreendentemente, me disseram que eu tinha o papel. Eu me senti mais desanimado do que empolgado.”

Retorno em breve

Mas o que é fascinante é como ele estava tão desesperado para interpretar Iceman em Top Gun 2.

Presumivelmente, Kilmer não estava originalmente previsto para aparecer – ao lado da co-estrela original de Cruise, Kelly McGillis -, considerando seus esforços para conseguir um papel em Top Gun: Maverick.

Em 2017, ele tuitou uma foto dele vestindo uma camiseta do Iceman.

O post dizia: “Ainda tenho a camiseta. Só estou dizendo.”

Em outro post, ele escreveu: “Amigos disseram que é oficial – Top Gun 2 foi anunciado hoje. Estou pronto, Tom – ainda tenho minha medalha! Ainda tenho os movimentos! Ainda tenho tudo isso.”

De fato, Kilmer também revelou em suas novas memórias que ele realmente implorou aos produtores de Top Gun 2 e ao próprio Cruise que retornasse como Iceman.

Ele escreveu: “Como a banda The Temptations cantava no auge da alma da Motown, ‘não há muito orgulho em implorar’.”

Kilmer procurou os produtores, criando “cenas emocionantes com Iceman”.

Ele acrescentou: “Os produtores apoiaram. Cruise apoiou.”

“Cruise não poderia ter sido mais legal. Tom e eu retomamos de onde paramos. A reunião foi ótima.”

Top Gun: Maverick será lançado nos cinemas em 23 de dezembro.