Vingadores: Ultimato pode ajudar os cinemas contra o coronavírus; entenda

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

À medida em que o isolamento social continua nos EUA, várias empresas também estão recebendo a luz verde das autoridades para reabrirem ao público, incluindo cinemas.

Nos últimos dias, tem havido relatos de que os cinemas no Texas, na Geórgia e em outros lugares poderão abrir novamente em breve.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mas mesmo com os próprios cinemas abertos para negócios, vai demorar um pouco até as pessoas se sentirem novamente a vontade para saírem de casa e comprarem ingressos.

Não apenas existem poucos filmes novos a serem lançados no curto prazo, devido aos adiamentos, mas as pessoas podem ficar um pouco cautelosas após semanas de medidas para impedir a propagação do COVID-19.

Uma grande ajuda

Uma ideia para ajudar a trazer as pessoas de volta aos cinemas é relançar alguns filmes de grande sucesso, incluindo Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato. É uma ideia que os Irmãos Russo, diretores dos longas, apoiam.

“A experiência teatral é uma experiência da comunidade. Talvez os momentos mais emocionantes de toda a nossa carreira tenham sido algumas semanas atrás, quando o bloqueio começou e Ultimato estava em alta nas redes sociais.

Todo mundo estava postando vídeos das exibições da noite de abertura nos cinemas com o público realmente emocionalmente conectado ao material.

Para nós, essa é realmente a força da experiência teatral, que combinou o público globalmente com esse nível de conexão emocional que foi realmente muito emocionante e será o destaque de nossas carreiras.

Para que você saiba, usar esses filmes para levar as pessoas de volta aos cinemas, ficaríamos extasiados. Qualquer oportunidade para as pessoas voltarem e compartilharem essas histórias juntas nós apoiaríamos.”

O próximo filme da Marvel a chegar aos cinemas é Viúva Negra, com previsão de estreia para 29 de outubro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio