Warner pode demitir Ezra Miller de Flash após escândalo de agressão

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ainda estamos esperando algum tipo de declaração oficial da Warner Bros. ou dos representantes de Ezra Miller, depois que um vídeo do ator parecendo atacar uma fã foi publicado on-line, mas nada foi oficialmente dito sobre Flash desde então. No entanto, um artigo do Fandom Wire pode ter trazido alguns esclarecimentos.

O site alega ter procurado uma fonte que os informou que, embora o estúdio ainda não tenha tomado uma decisão sobre Miller, eles estão prontos para avançar com a produção de Flash assim que possível, e pretendem fazê-lo com ou sem Miller no papel principal de Barry Allen.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mudanças no DCEU

O relatório também menciona que o rascunho mais recente do roteiro gira em torno de Flash “correndo pelo tempo para salvar sua mãe” e reformulando a linha do tempo estabelecida da DC no processo. Aparentemente, Aquaman, de Jason Momoa, e Mulher-Maravilha, de Gal Gadot, serão os únicos membros da Liga da Justiça que restarão após o “reboot leve”, e o Batman de Robert Pattinson também será incorporado à nova linha do tempo.

Flash Reverso e Mestre dos Espelhos são considerados os principais vilões do filme.

Vale destacar que, até o momento, essas informações não foram confirmadas. Portanto, devem ser consideradas como rumores.

Flash terá direção de Andy Muschietti, de IT: A Coisa. O filme chegará aos cinemas em julho de 2022.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio